OS 12 PASSOS

As pessoas que convivem com um dependente químico, nem sempre se dão conta de como foram afetadas por ele, de tão focadas que estão no comportamento do usuário.

Os Doze Passos nos guiam para uma vida mais serena e feliz.
Os Doze Passos sugerem uma retomada de nossa própria vida, mudando o foco para nós mesmos.
Os Doze Passos nos ajudam a deixar de lado a ilusão do controle.
Os Doze Passos encorajam as pessoas a adotarem comportamentos mais saudáveis emocionalmente.
Os Doze Passos nos ajudam no processo de auto conhecimento.
Os Doze Passos nos remetem a um novo modo de viver com espiritualidade e acreditar que existe acima de nós um Poder Superior.

PARA SABER MAIS

Maiores explicações sobre o Programa de 12 passos você encontrará em nossa literatura.
Esta e outras literaturas do nosso programa, podem ser adquiridas nos Grupos Nar-Anon ou no nosso Escritório.

01.  Admitimos que éramos impotentes perante o adicto – que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis.

02.  Viemos a acreditar que um Poder Superior a nós mesmos poderia nos devolver a sanidade.

03.  Tomamos a decisão de entregar nossa vontade e nossa vida aos cuidados de Deus, como nós O concebíamos.

04.  Fizemos um minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.

05.  Admitimos para Deus, para nós mesmos e para um outro ser humano, a natureza exata de nossos defeitos.

06.  Ficamos inteiramente prontos para que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.

07.  Humildemente, pedimos a Ele para remover nossas imperfeições.

08.  Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado e nos dispusemos a fazer reparações a todas elas.

09.  Fizemos reparações diretas a essas pessoas, sempre que possível, exceto quando fazê-lo viesse prejudicá-las ou a outras pessoas.

10.  Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.

11.  Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, como nós O concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós e a força para realizar essa vontade.

12.  Tendo tido um despertar espiritual, por meio destes Passos, procuramos levar esta mensagem a outras pessoas e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.